Tag Archives: costa rica

Vídeo: Até logo, América Central!

6 mar

Talvez, antes do Nosotros, nós não saberíamos apontar no mapa onde fica a Nicarágua. Mas hoje temos muito orgulho de conhecer um pouco mais dela, da Guatemala, de El Salvador, da Costa Rica e do Panamá. Aí vai um pouco das nossas andanças pela América Central, junto com a nossa certeza do quanto ela enriquece a nossa América Latina.

Para aquilo que faz parte de nós, não existe despedida. No máximo um “até logo”.

Vídeo: Diego Arias

17 set

Não existe nacionalidade, fronteira ou diferença de idioma quando se tem algo a dizer e mostrar para todo o mundo. Assim como também não importa se existe algum nome ou profissão na qual você se encaixa. Quanto mais você é verdadeiro consigo mesmo, menos cabe em definições já pré-estabelecidas.

Siga sendo livre, Diego!


Perfil: Diego Arias

2 ago

Vamos agora apresentar nosso anfitrião e artista de San José: Diego Arias. Diego é ilustrador, pintor, animador, roteirista e diretor, já com uma boa lista de filmes, vídeos, exposições e publicações.

Diego Arias

Começamos nossa conversa em sua casa e depois ele nos levou a um de seus lugares preferidos: o Cerro de la Muerte, que falamos no post anterior.

  A caminho.

  O homem que encarava cabras.

Diego tem discurso maduro e é um artista muito talentoso, ao mesmo tempo que tem brincadeira de menino e grande preferência a balas e doces. Descobrimos tudo isso em um dia que passamos com ele, vamos ver agora o que vocês descobrem no próximo vídeo.

Pelas ruas de San José

31 jul

Nossa passagem pela América Central segue agora pela Costa Rica. Conseguimos cumprir nossa proposta de mostrar algo fora do lugar comum, mas como tínhamos pouquíssimo tempo, tchau praias e reservas lindas de cartão postal…

Um passeio bem legal é conhecer o Museo de Arte y Diseño Contemporáneo. O prédio é de uma antiga fábrica de licores e fica na parte histórica do Centro da cidade.

Para quem estiver de carro ou com um anfitrião gente finíssima (que foi o nosso caso), vale a pena visitar ali perto o Cerro de la Muerte. Este simpático nome foi dado porque lá faz muito frio, e quem se perdia e não conseguia voltar à cidade, morria congelado durante a noite. Apesar da lenda, o lugar é muito bonito e tranquilo, e a maior diversão é ver vaquinhas e cumprimentar todos os moradores por onde passa.

No fim da tarde, já estávamos voltando à cidade. Ninguém queria ficar para comprovar a fama que deu nome ao morro!